Avatar
The Walking Dead Review: Family Ties

Com este episódio fechou-se um círculo de que, ninguém do grupo do Super Rick lindinho não havia perdido algum parente no mundo de WD, agora todos sabem como é e alguns mais que outros (Daryl, Carl e a chata da Andreia). Quanto ao Merle, ele foi impossível durante toda a segunda temporada, não seria com um ou dois sorrisinhos que viraria santo, o grupo não precisa dele, agora o Daryl (tadinho) fiquei com pena, mas ele é um bom garoto e sabe o que deve ser feito.O governador esta louco e talvez a Andreia possa ajudar de alguma maneira o grupo de prisão, que creio vá embora sem antes fazer uma armadilha. Veremos.

Avatar
The Walking Dead Review: Running Scared

Vou tentar fazer um comentário pequeno, o anterior foi grande e não totalmente publicado, então.. resumindo. Como em todas séries existem as "barrigas" ou seja episódios sem muita ação mas que são importantes para a trama, este foi um deles. Me peguei torcendo para a Andreia escapar mas não foi bem assim, mais uma vez foi provado que no mundo WD os homens se dão melhor quando estão sozinhos. O que será que vai acontecer? são tantas as possibilidades, algumas delas descritas acima. Mesmos com episódios lentos WD nos deixa apreensivos e ainda bem que o Rick lindinho apareceu, estou feliz esta semana.

Avatar

Quando irá começar a 4a. temporada? Estou com saudades.

Avatar

Gostei muito da postura do super Rick(lindinho)diante do gov., não se deixou levar pela proposta (quem é ele para fazer proposta), está claro que o grupo do Rick leva a pior em um confronto mas tudo pode acontecer, um motim na cidade por exemplo, o Milton esta descontente, a Andreia(credo) voltou para lá para tentar algo eu acho,enfim tudo pode acontecer. O resumo da próxima semana conta que o Rick será ferido gravemente então temos que aguardar. Até a próxima.

Avatar
Person of Interest Review: Identity Thief

Tenho muito que comentar este episódio, mas gostaria de palpitar sobre o anterior. Foi muito bom, aquela moça que segue a linha do Reese, a moça racker, foi uma surpresa muito boa ( alias... êta série para ter personagens femininas fortes, independentes não, qualquer dia vamos falar delas com mais ênfase. Voltando ao episódio em questão;
1-) "O caso dos sete negrinhos", livro épico de Agatha Christie, foi uma pequena "clonagem".
2-) Tava na cara que era o menino do FBI o bandido.
3-) A Carter chegou de carro, atravessando todo o Estado como falou seu namorado muito rápido, fez o mesmo caminho do Finch, tudo bem, a guarda costeira liberou sua entrada na ilha, mas "todo o Estado", foi demais, tanto que o mapa mostrou um ponto do outro(eles usaram o batcarro?).
4-) A pior derrapada, a tempestade, pelo visto era um furacão e dos bons, então, os barquinhos no caís estavam colados né? Não balançavam e o boné do Reese (lindinho) também estava colado?
5-) Porque deixaram o Urso tomar aquela chuva, tadinho vai gripar, ele é tão especial, humanizou os meninos.
Não poderia deixar passar isso, eu sou fã de carteirinha desta série, por isso quero que ela seja 11, 10 é pouco. Só espero que não mandem estes erros para aquele programa da TV, como é mesmo o nome? sei lá, fica só entre nós, não publiquem. A máquina falha, podem esperar.

Avatar
The Walking Dead Review: Who We Are

Este episódio para mim foi um divisor de águas. Para o Rick lindinho aceitar que "vê" pessoas mortas e tirar daí forças para seguir em frente com seu grupo que esta cada vez mais homogêneo com pessoas diferentes, que em tempos normais no mundo de WD jamais se encontrariam ou fariam parte de um grupo. A menina dos dreads foi aceita pelo Carl e com certeza será aceita pelo grupo e deixará de ser "a emburrada". A minha primeira reação quando o trio encontrou o rapaz pedindo pelo amor de Deus para pararem e não pararam foi de indignação, como não ajudar? mas é assim que o mundo de WD é, sobrevivência com um pouco de egoismo, temperado com indiferença e uma pitada de desconfiança.

Avatar
The Walking Dead Review: Talk Talk Bang Bang

Tudo começou muito calmo, demais pra meu gosto, até que Daryl e o irmão metralha de deparam com um grupo em apuros( uma família), enquanto o metralha só quer roubar o segundo em comando do grupo do Rick(lindinho) ajuda e se depara com a escolha errada que fez ao deixar a sua família, então acontece tudo, fiquei sem respirar até o final só não morri porque não estava na minha hora, hora alias de Daryl e o irmão metralha salvaram o super Rick ( lindinho), foi emocionante ver a volta à razão do Rick, foi tão claro que chocou, então tá né tudo volta ao normal com a família Rick, só não gostei do carinha lá ter morrido, até que era bonzinho e eu gostaria de ver a reação do Daryl quando voltasse e visse seu interesse pela Carol, aliás quem não se interessa por ela? é uma gracinha, mas eu gostaria de ver este triângulo, mas não deu. O que deu para perceber é que a qualquer momento um personagem morre, mesmo aqueles que você gosta ou que talvez tenha futuro, futuro que anda cada vez mais longe, pôxa, não para de aparecer zumbis, credo. Como será que vai acabar? todos morrem? acham uma cura? todos viram zumbis? e nois quando acabar como ficamos? Quanto ao governador ele terá o que merece é só esperar.Bjs

Avatar
The Walking Dead Review: Brotherly Love

Parece que eu também estava de férias, minhas séries favoritas todas paradas, agora voltamos com tudo. Walking Dead, o que falar, já esperava que o super Rick sentisse alguma coisa, é desumano o que ele enfrentou, desde o início foi pego de surpresa com tudo, tudo mesmo, não teve tempo para digerir nada, mas como ele é o super Rick vai superar isso também, o Daryl tomou a atitude que se esperava, ficou com o irmão, estranhei um pouco o Glenn, sua atitude foi, no meu ponto vista, excessiva, querer retaliação é uma coisa se rebelar com quem o ajudou, não sei, só se tem algo por trás que ainda não sabemos e quanto a Andreia deixa prá lá eu nunca gostei dela mesmo, o Daryl fica melhor com a Carol que é mais centrada, os novos habitantes da prisão precisam de uma oportunidade para mostrar pra que vieram, então só nos cabe esperar, esperar, esperar, esperar.....

Avatar
Fringe Round Table: "An Enemy of Fate"

Sou suspeita em comentar Fringe, mas não posso me calar, então vamos lá. Apesar dos altos e baixos a meu ver o saldo é positivo, adorei a série e vou ficar com saudades, aliás já estou. Nunca vi, pelo menos até agora, uma ficção tão ficção como Fringe. Fui levada a lugares nunca antes imaginados, vivi situações desconcertantes, hiláriantes, dramáticas, surreal, etc.. etc...e quantos mais adjetivos houver, chorei, levei cada susto, dei tanta rizada, e em alguns momentos me decepcionei, senti raiva, pena, fiquei de alma lavada enfim, uma profusão de sentimentos e sensações experimentei com Fringe, mas no final me diverti e é isso que vale não? Sou Fringe para sempre.

Avatar
Arrow Review: Punctured

Bom, li todos os comentários e a descrição do episódio em questão, ainda estou com aquela sensação de fracasso, não me conformo. Vendo o Seth na pele do Conde me fez lembrar de fringe, estava morno e deu uma alavancada, caso este personagem não seja temporário, na minha opinião a série tem uma pequena possibilidade de sobrevivência. Aliás seria necessário ter mais cuidado nas escolhas dos atores, o Seth apesar de franzino ficaria muito bom no papel de Oliver ( deve estar escrito em algum manual que um herói tem de ser sarado?), caso esteja tudo bem né, fazer o que. Tenho dito.

× Close Ad